Meu Blog

Inibição da Aromatase e Diminuição do Risco de Câncer

A diminuição da testosterona nos homens e da progesterona nas mulheres está ligada ao envelhecimento, juntamente com o estresse físico, emocional e químico. 

Um processo chamado aromatização envolve a conversão destes hormônios androgênicos em estrogênios. A dominância estrogênica resulta da aromatização e este é um dos principais contribuintes para uma série de diferentes problemas de saúde. Felizmente, alguns alimentos e ervas podem realmente reverter o processo de aromatização.

A presença dominante de estrogênio quebra a massa muscular e aumenta a produção de gordura corporal e da aromatase. Ao contrário do hormônio catabólico estrogênio, a testosterona e mesmo a progesterona até certo ponto são hormônios anabólicos que dão suporte a uma massa corporal magra.

Aumento da atividade do estrogênio via aromatase está associada com vários tipos de cânceres em mulheres, incluindo o de mama, ovários e útero. Nos homens, estes fatores são de interesse para o cólon, próstata, e também o câncer de mama masculino.

O que é a aromatase?

Como o sufixo "ase" em seu nome infere, a aromatase é uma enzima. Ela está localizada nas células produtoras de estrogênio nos ovários, placenta, testículos, cérebro, tecido adiposo e glândulas adrenais. Um balanço insalubre da aromatase no corpo significa que há níveis mais elevados de testosterona e progesterona sendo convertidos em estrogênio.

Os sintomas de uma atividade elevada da aromatase e, portanto, da dominância estrogênica incluem:

  • Sintomas de TPM
  • Miomas uterinos
  • Displasia cervical
  • Endometriose
  • Infertilidade
  • Fadiga
  • Diminuição da libido
  • Mamas fibrocísticas
  • Dores de cabeça
  • Ganho de peso

A aromatização e o câncer de mama

Por muitos anos os estudos confirmaram que o estrogênio desempenha um papel crítico no câncer de mama, contudo não está muito ainda sobre quais seriam todas as fontes que conduzem à dominação estrogênica. Embora ainda não se entenda plenamente se as células do câncer de mama produzem estrogênio ou se ele é apenas fornecido pelo tecido circundante, diminuir o processo de aromatização é claramente parte da resposta.

Os pesquisadores mostraram que no tecido do câncer de mama uma alta taxa de aromatização ocorre em pacientes tanto com tumores malignos quanto benignos. As células humanas do câncer de mama também contêm uma elevada presença de receptores de estrógenos e vias de sinalização que ativam a expressão do gene de resposta ao estrógeno.

Foi mostrado que as células do câncer de mama humano MCF-7 ficam especificamente super-estimuladas na presença da dominância estrogênica e atividade de aromatase. As células MCF-7 são capazes de aromatizar o estrógeno e o andrógeno na circulação de modo a induzir a proliferação celular, aumento da atividade da aromatase e da expressão genética dependente de estrógeno. Estas mudanças na expressão genética causam alterações no DNA com muitas consequências desconhecidas para a saúde.

Os inibidores da aromatase são frequentemente utilizados no tratamento do câncer de mama metastático para destruir as vias produtoras de estrógeno e ajudar a prevenir mais o crescimento do tumor.

Aromatase e os Cânceres Reprodutivos

Uma das principais funções dos ovários é produzir os hormônios reprodutivos - estrógeno e progesterona. Os ovários são particularmente sensíveis à aromatização. Embora outros tecidos produzam o hormônio, a síntese de estrógeno é principalmente realizada nos ovários.

Mulheres pós-menopáusicas e indivíduos obesos estão em maior risco de desenvolver cânceres ovarianos devido ao aumento da formação de estrógenos a partir do peso corporal e das estratégias naturais do corpo para prevenir a perda óssea. O aumento na expressão da aromatase em partes distantes do corpo, como no tecido adiposo e pele também desencadeia a entrega de níveis elevados de estrógeno para os tecidos circundantes e podem ser igualmente levados, pela circulação, para órgãos distantes.

Estudos clínicos mostram que o câncer de endométrio que se origina dentro do revestimento do útero contém níveis significativamente elevados de estrógenos. Isto é especialmente um problema quando na ausência de progesterona suficiente.

As alterações na expressão genética que promovem a atividade carcinogênica de células cancerosas distantes também foram estabelecidas como resultado da aromatização. Em outras palavras, a atividade da aromatase, que é ativada pela presença de hormônios circulantes, pode ativar as vias produtoras de estrógenos em outras partes do corpo. Por exemplo, estudos mostram que o mesmo gene "switch" que ativa a atividade da aromatase na pele também pode apoiar a expressão da aromatase nos ovários, placenta, tecido adiposo (gordura) e outras regiões.

A Aromatase e o Câncer de Próstata

O câncer de próstata é um câncer complexo e invasivo que é a principal causa de morte, depois da doença cardíaca, entre os homens. Embora os inibidores da aromatase tenham sido utilizados com algum sucesso no tratamento do câncer de mama em mulheres na pós-menopausa, o uso de inibidores da aromatase para o câncer da próstata tem sido um desafio.

Numerosos fatores envolvendo a atividade da aromatase podem ser culpados envolvendo o próprio gene da aromatase (CYP19A1), a enzima aromatase (CYP19) e fatores associados à sua expressão tais como os receptores hormonais nas células. É bem conhecido que as células do câncer de próstata contêm receptores de andrógenos. No entanto, a próstata contém dois receptores de estrógenos sendo que os cientistas acreditam que um está mais estreitamente ligado ao desenvolvimento do câncer do que o outro.

Um estudo de 535 homens com câncer de próstata mostrou que o aumento em ambos os receptores de estrogênio estavam associados com níveis elevados de aromatase. No entanto, diferentes partes do tecido prostático continham diferentes concentrações de cada receptor. Cada receptor tem expressões fisiológicas diferentes que podem ser usadas para prever a progressão do câncer.

Dieta Inibidora de Estrogenos

Atualmente, os inibidores da aromatase utilizados no tratamento do câncer resultam em vários efeitos secundários adversos devido à ampla função das vias e funções do estrógeno. Os efeitos colaterais incluem:

  • A degradação óssea (osteoporose)
  • Disfunção cognitiva
  • Artralgia

Por outro lado, certos alimentos são naturalmente protetores, sem os efeitos colaterais da medicação:

  • Vegetais crucíferos: Os vegetais crucíferos são alguns dos melhores alimentos que você poderia incorporar em sua dieta para uma verdadeira pletora de compostos que combatem o câncer e que ajudam eliminar o excesso nocivo de estrógeno do corpo. Alimentos como couve-flor, brócolis, couve de Bruxelas e repolho contêm nutrientes poderosos como Indol-3 Acetato, Indole-3 Carbinol e Diindolilmetano (DIM). Suas principais propriedades anti-cancerígenas vêm do sulforafano e do fenilisotiocianato, nutrientes contidos nos vegetais crucíferos. Estes compostos destroem a atividade das células cancerígenas e estimulam a desintoxicação natural do fígado.
  • Família Allium: Esta família inclui plantas com flores e suas partes cultivadas, como alho, cebolinha-capim, cebolinha, cebola e alho-poró. Estes alimentos são compactos com aminoácidos contendo enxofre. Eles também são ricas fontes de quercetina, uma poderosa flavona antioxidante. Ambos os compostos auxiliam na desintoxicação do fígado e eliminam o excesso de estrógeno.
  • Gorduras saudáveis: gorduras saudáveis incluem alimentos ricos em ácidos graxos saturados e ômega-3. Esses alimentos incluem nozes cruas, além de amendoim, óleo de coco, abacate, azeite, salmão pescado, aves orgânicas, carne de gado que pasta e caça selvagem. Estes alimentos ajudam a regular a função hormonal saudável. Tanto as nozes quanto as sementes como o gergelim e linho contêm esteróis vegetais que ajudam a baixar os níveis de estrógeno.
  • Citrus: limões, limas e outros citrinos também contêm flavononas e são referidos como bioflavonoids cítricos. Alguns destes compostos são:
    • Quercetina
    • Rutina
    • Naringina
    • Tangeretina
    • Diosmetina
    • Diosmina
    • Hesperidina
    • Narirutina
    • Neohesperidina
    • Nobiletina

Ervas inibidoras de aromatase

As ervas contêm alguns dos mais potentes flavonóides inibidores da aromatase chamados flavonas e flavononas. A Passiflora contém a flavona-crisina mais poderosa e a camomila contém apigenina. Podem ser comprados chás que contêm essas duas ervas orgânicas que são geralmente anunciados como promotores do sono. Contudo, ambos os compostos exibem efeitos anti-estrogênicos.

Ervas que contêm óleos voláteis que promovem a desintoxicação do fígado e ajuda na remoção de estrógeno incluem o tomilho, o alecrim, o orégano, a sálvia e o açafrão. A cúrcuma, especialmente, é capaz de destruir o receptor de estrógeno positivo das células cancerosas que são comuns nos cânceres da mama, ovários, útero e próstata.

Durante séculos, a Medicina Tradicional Chinesa usou folhas de Ginkgo biloba para tratar muitas doenças. Recentemente, este extrato herbal tem sido usado em células cancerosas humanas. Ele imita a atividade inibitória de aromatase comparável aos inibidores de aromatase de terapia hormonal sintética - sem efeitos secundários nocivos, e é um conhecido supressor de tumor.

A quercetina e o flavonol kaempferol são os dois componentes principais da Ginkgo biloba. Acredita-se que estes antioxidantes bloqueiam o fornecimento do estrógeno aos cânceres dependentes do mesmo, induzindo assim a morte de células cancerosas. O kaempferol é encontrado em muitas frutas e legumes e é um bem conhecido anti-inflamatório utilizado para a prevenção do câncer e dietas quimioterápicas naturais.

Alimentos que estimulam a desintoxicação

Um dos superalimentos mais potentes conhecidos pelo homem é a substância que dá vida, a clorofila. A clorofila dá aos alimentos a cor verde e auxilia o corpo humano na desintoxicação natural de toxinas.

Alimentos fermentados contêm propriedades benéficas que estimulam a motilidade intestinal e as vias de desintoxicação. Eles contêm antioxidantes, enzimas, ácidos orgânicos e probióticos essenciais para a saúde ideal e cura. Exemplos de legumes fermentados são kimchi, soja fermentada e chucrute. Bebidas fermentadas incluem vinagre de cidra de maçã, kombucha, ervas botânicas e também laticínios fermentados crus provenientes de animais alimentados integralmente com capim. Estes alimentos e bebidas são excelentes para promover a saúde e possui poder desintoxicante de estrógeno.

Prevenção de câncer baseado em hormônios

É de vital importância suprimir a atividade excessiva da aromatase de modo a manter o equilíbrio hormonal e reduzir o risco do câncer de base hormonal. Como mencionado acima, uma série de diferentes alimentos podem ajudar com este processo, incluindo vegetais crucíferos, alho, cebola, fontes de gordura saudável, frutas cítricas e várias ervas.

Procure preencher sua dieta com estes alimentos anti-aromatase a fim de manter seus hormônios equilibrados e para ajudar a prevenir o desenvolvimento de cânceres sensíveis aos hormônios.

 

Traduzido de "The Truth About Cancer"

Tags: blog, meu blog, medicina, funcional, integrativa

Classificação Geral (0)

0 de 5 estrelas

Postar comentário

Anexos

Location

Share:
Rate this article :
0
  • Nenhum comentário encontrado

Dicas Importantes

lave maoLave as mãos. Você pode achar isso óbvio demais, mas essa simples tarefa que fazemos durante o dia pode proteger sua saúde mais do que imagina. Muitas pessoas lavam as mãos antes das refeições e depois de usar o banheiro, mas lavá-las com sabonete algumas vezes ao dia pode reduzir as chances de ter alguma doença em até 20-30%. Mas lembre-se de manter as mantê-las bem hidratadas, usando um bom creme hidratante.

Dr. Renato Riccio

Recomendadas

Tem pessoas que acham que comer sem glúten não tem graça, não tem as mesmas…
O Astragalus é um poderoso modulador imunológico "não-específico". Ao invés de ativar nosso sistema de…
Um estudo publicado agora em janeiro no "American Journal of Epidemiology" afirma que mulheres idosas…
Este estudo sugere que caminhar poderia melhorar a qualidade do sono para pacientes com câncer…
Como costumo abordar o tema, a atividade física é muito importante para o indivíduo normal…
A vitamina C tem uma história bem fragmentada como uma terapia de câncer, mas os…
Quando se está em tratamento para o câncer, como a quimioterapia e radioterapia, muitas vezes…
A diminuição da testosterona nos homens e da progesterona nas mulheres está ligada ao envelhecimento,…
Ao invés da tradicional massa com farinha de trigo e fermento, a receita abaixo leva…
O efeito da luz do sol e a produção de vitamina D já é um…
O consumo de carne vermelha em quantidades superiores àquelas tipicamente recomendadas não afeta os fatores…
Meus pacientes já sabem que eu sou fã de abobrinha. E também sou fã de…
Que tal uma tábua de aperitivos para dar um charme à sua mesa e deixar…
A falta da fibra natural necessária faz com que os microorganismos de nosso intestino comecem…
Um artigo publicado na revista "Cell" sugere que a flora intestinal pode desempenhar um papel…
O estômago está situado na parte superior do abdômen e faz parte do sistema digestivo.…
O consumo de carboidratos tem aumentado nos últimos anos nos países ocidentais, seguindo-se os conselhos…
O óleo essencial de Copaiba é um dos ingredientes antiinflamatórios mais poderosos do planeta. É…
Se eu fosse descrever a glutationa, eu diria que ela é uma molécula muito simples…
Você sabia que o pão de alho pode ser preparado em casa e numa versão…
A sopa anti-inflamatória contém alimentos desintoxicantes: alecrim, cebola, gengibre, inhame e açafrão-da-terra. Todos eles colaboram…
O grande valor deste prato é a cúrcuma, que, segundo estudos científicos, é um ingrediente…
Nas últimas décadas, a manteiga tem sido implicada como uma causa significativa de doença cardíaca. No…
É impressionante como o mundo que nos rodeia está repleto de substâncias naturais que, não…
O óleo essencial de Copaiba é um dos mais promissores novos óleos essenciais anticâncer. Isto é…
Se você está tentando prevenir ou curar um câncer, então deve focar-se em melhorar seu…
Este artigo, retirado do site do "The Thruth About Câncer", e é tão incrivelmente relacionado…
Esta salada é uma maneira deliciosa de usar sua sobra de frango ou peru. Também…
Eu fiz só com alface americana mas vai ser legal misturar rúcula, agrião ou outras…
Que tal uma salada bem tropical e com um sabor extremamente exótico? Vamos lá, então...