Meu Blog

O óleo de copaíba

O óleo essencial de Copaiba é um dos mais promissores novos óleos essenciais anticâncer. Isto é principalmente devido ao fato de que ele é um dos mais poderosos óleos essenciais anti-inflamatórios do planeta. Então vamos saber exatamente por que devemos incluí-lo em nosso arsenal anticâncer!

De onde vem o óleo essencial de copaíba?

O óleo de copaíba da Amazônia tem este nome, pois o óleo vem da Copaíba (Copaifera officinalis, incluindo Copaifera langsdorffii e Copaifera reticulata), que é uma árvore geralmente encontrada na floresta amazônica. Essa planta tem diversas propriedades medicinais, principalmente contra infecções e acima de tudo inflamações, dos mais variados gêneros e níveis, diga-se de passagem. O óleo de Copaiba é derivado da seiva ou resina da árvore, que é colhida usando um processo semelhante ao do xarope de bordo e da borracha. Curiosamente, o óleo de copaíba é o único óleo essencial extraído diretamente de uma árvore desta maneira.

É um óleo essencial sustentável também - uma árvore de copaíba é capaz de produzir cerca de 40 litros de resina (conhecida como oleorresina) por ano. Isso torna a copaíba um óleo essencial sustentável, pois pode ser colhida sem prejudicar a árvore ou a floresta onde ela cresce.

Copaiba tem um aroma bastante sutil, reminiscência de canela e mel, tingida com uma pitada de madeira semelhante a um cedro muito diluído.

Uso Histórico da Copaíba

O uso da resina copaíba pelos nativos da América do Sul e até mesmo pelos maias tem sido documentado desde o século XVI. Seu uso provavelmente remonta muito mais longe. No Brasil, os curandeiros o usaram para curar dor de garganta, infecções das amigdalas, bronquite e muitas outras doenças inflamatórias. Curandeiros amazônicos tradicionalmente usaram a resina de copaiba para alívio da dor, por seus benefícios anti-inflamatórios e para a cicatrização de feridas. Eles também usaram como um anti-séptico para o trato urinário e para o tratamento de cistite e infecções da bexiga. A copaíba foi usada até mesmo para tratar a gonorréia.

Pesquisa emocionante nas propriedades curativas do óleo essencial de Copaíba

A pesquisa sendo feita com óleo essencial de copaíba é muito emocionante. A maioria dos estudos realizados até agora atestam os benefícios anti-inflamatórios acima mencionados da copaíba. A ciência também está descobrindo, entretanto, que o copaíba é um protetor do nervo e tem propriedades anti-proliferativas e antitumorais, entre apenas alguns de seus muitos benefícios.

É um Potente Anti-Inflamatório

O fitoquímico mais abundante (produto químico de base vegetal) na copaíba é o beta-cariofileno. É a presença deste fitoquímico que dá à copaíba sua ação anti-inflamatória. Existem muitos trabalhos de pesquisa que indicam os benefícios anti-inflamatórios do óleo de copaíba. O câncer é um processo inflamatório no corpo, portanto qualquer composto natural que possa prender ou retardar esse processo se torna um aliado muito bem vindo. Graças às propriedades anti-inflamatórias naturais do óleo de copaíba, ele pode reduzir os processos inflamatórios pelos quais o câncer pode se espalhar.

Benefícios Neuroprotetores

Um estudo interessante relatado em 2012 descobriu que o óleo da copaíba não só foi um potente anti-inflamatório, mas também tinha propriedades neuroprotetoras. Para aqueles submetidos à quimioterapia, a copaíba pode oferecer alguma proteção para o sistema nervoso e cérebro, que são muitas vezes danificados por tais drogas.

Propriedades Anti-Proliferativas

Verificou-se que o óleo de copaíba possui uma atividade anti-proliferativa. Isto significa que pode impedir a disseminação de células, particularmente células malignas, no tecido circundante. Pesquisas relatadas em dezembro de 2015 reconheceram que o óleo de copaíba era de fato um potente anti-bacteriano. Mas curiosamente, os pesquisadores também descobriram que era capaz de matar as células de câncer de mama MCF-7 (estas células são receptores de estrogênio positivas e receptor de progesterona positivas, células de carcinoma ductal infiltrativas) melhor do que a doxorrubicina (também conhecida como Adriamycin ou o "Red Devil" - uma droga de quimioterapia muito utilizada para câncer de mama.

Efeitos antitumorais

Um pequeno estudo em animal relatado em setembro de 2015 mostrou que beta-cariofileno inibiu potentemente o crescimento de tumores sólidos e metástases linfonodais (disseminação) em camundongos com melanoma. Um estudo mais antigo publicado em Dezembro de 2007 revelou que o beta-cariofileno aumentou significativamente a atividade anti-câncer contra várias linhas celulares de câncer, incluindo as células MCF-7 acima mencionadas. De fato, os pesquisadores declararam que "o beta-cariofileno potencializou [aumentou o efeito] da atividade anticancerígena do paclitaxel", uma droga quimioterápica favorecida por muitos oncologistas. A combinação de beta-cariofileno e paclitaxel aumentou a atividade deste último em cerca de dez vezes, ajudando-o a trabalhar melhor.

Melhora da psoríase

Um pequeno ensaio clínico divulgado em janeiro de 2013 indicou que o oleo-resina de copaíba reduzia as citocinas pró-inflamatórias associadas à psoríase crônica. Os pesquisadores observaram "uma melhoria significativa nos sinais típicos desta doença, ou seja, eritema, espessura da pele e descamação".

Calmante natural da dor

Um estudo em animais publicado em julho de 2014 revelou que o beta-cariofileno diminuiu significativamente a dor. Teve um efeito a longo prazo e nenhum efeito lateral, especialmente quando usado junto com DHA (ácido docosahexaenoico), um ácido graxo comum encontrado nos óleos dos peixes e no óleo de linhaça. Na verdade, os nativos sul-americanos têm usado copaíba para o alívio da dor há séculos.

Cicatrização de Feridas e Cicatrizes

Um estudo publicado em janeiro de 2016 mostrou que o óleo de copaíba demonstrou atividade antibacteriana contra Staphylococcus aureus (também conhecido como Golden Staph). Esta é uma das bactérias mais difíceis e resistentes aos fármacos, atualmente abundante nos hospitais. Os pesquisadores observaram que "mesmo baixas concentrações de óleo de copaiba efetivamente inibiram o crescimento de Staphylococcus aureus, apoiando seu uso potencial como um adjuvante promissor em formulações tópicas combinadas para cicatrização de feridas e cicatrizes".

Como usar o óleo essencial de Copaíba

  1. Massageie o óleo diretamente nas áreas afetadas. Usado transdermicamente (através da pele), os óleos essenciais são facilmente absorvidos pelo corpo dentro de aproximadamente 20 minutos.
  2. Difundir o óleo na sala usando uma névoa fresca ou difusor ultra-sônico. Não aquecer óleos essenciais, pois diminui os seus benefícios terapêuticos. 
  3. Goteje algumas gotas de óleo de copaíba nas palmas das mãos. Inspire profundamente. Ele será absorvido em sua corrente sanguínea rapidamente, tanto através da pele e através dos pulmões e seios. 
  4. Aplicar copaíba nas solas dos pés. Porque as solas dos pés têm os poros maiores, este é um bom lugar para aplicar óleos essenciais - especialmente antes de ir para a cama. Eles podem estar trabalhando enquanto você está dormindo! 
  5. Coloque algumas gotas de copaíba em sua água do banho e ter uma boa embebição. Isso permite que você absorva o óleo através da pele e também pela inalação do vapor.
  6. O óleo de Copaiba é considerado seguro para uso interno também. No Brasil, a resina de copaíba é vendida em cápsulas de gelatina em farmácias e é recomendada para todos os tipos de inflamação interna, para aliviar úlceras de estômago e até para câncer. Você pode colocar várias gotas de óleo de copaíba em uma cápsula de gelatina vazia e tomá-lo internamente (com comida é melhor).

Precauções para usar o óleo de Copaíba

Certifique-se de que seu óleo essencial de copaíba vem de uma fonte confiável. Muitos dos óleos encontrados por aí foram adulterados para torná-los mais baratos. Certifique-se que a empresa que você compra de usa apenas o óleo essencial derivado da óleo resina da copaíba. Certifique-se de que nenhum produto químico ou outras toxinas potenciais estejam permitidos no óleo essencial.

Nunca aplique óleos essenciais em qualquer lugar perto de olhos ou orelhas. Este óleo às vezes pode irritar a pele um pouco em indivíduos sensíveis, portanto fazer um teste em uma pequena área em sua pele para ver se ocorre alguma reação. Certifique-se de diluir com um óleo transportador orgânico (como azeite ou óleo de coco) se você tem uma reação cutânea.

É altamente recomendável que você trabalhe com alguém experiente no uso de óleos essenciais. Além disso, não dependa de qualquer óleo essencial como um único tratamento para o câncer. Mas usado em combinação com outras terapias, convencionais e naturais, os óleos essenciais podem desempenhar um papel importante no processo de cicatrização.

 

Fonte: The Truth About Cancer (TTAC)

Tags: blog, meu blog, medicina, funcional, integrativa, cancer

Classificação Geral (0)

0 de 5 estrelas

Postar comentário

Anexos

Location

Share:
Rate this article :
0
  • Nenhum comentário encontrado

Dicas Importantes

lave maoLave as mãos. Você pode achar isso óbvio demais, mas essa simples tarefa que fazemos durante o dia pode proteger sua saúde mais do que imagina. Muitas pessoas lavam as mãos antes das refeições e depois de usar o banheiro, mas lavá-las com sabonete algumas vezes ao dia pode reduzir as chances de ter alguma doença em até 20-30%. Mas lembre-se de manter as mantê-las bem hidratadas, usando um bom creme hidratante.

Dr. Renato Riccio

Recomendadas

Tem pessoas que acham que comer sem glúten não tem graça, não tem as mesmas…
O Astragalus é um poderoso modulador imunológico "não-específico". Ao invés de ativar nosso sistema de…
Um estudo publicado agora em janeiro no "American Journal of Epidemiology" afirma que mulheres idosas…
Este estudo sugere que caminhar poderia melhorar a qualidade do sono para pacientes com câncer…
Como costumo abordar o tema, a atividade física é muito importante para o indivíduo normal…
A vitamina C tem uma história bem fragmentada como uma terapia de câncer, mas os…
Quando se está em tratamento para o câncer, como a quimioterapia e radioterapia, muitas vezes…
A diminuição da testosterona nos homens e da progesterona nas mulheres está ligada ao envelhecimento,…
Ao invés da tradicional massa com farinha de trigo e fermento, a receita abaixo leva…
O efeito da luz do sol e a produção de vitamina D já é um…
O consumo de carne vermelha em quantidades superiores àquelas tipicamente recomendadas não afeta os fatores…
Meus pacientes já sabem que eu sou fã de abobrinha. E também sou fã de…
Que tal uma tábua de aperitivos para dar um charme à sua mesa e deixar…
A falta da fibra natural necessária faz com que os microorganismos de nosso intestino comecem…
Um artigo publicado na revista "Cell" sugere que a flora intestinal pode desempenhar um papel…
O estômago está situado na parte superior do abdômen e faz parte do sistema digestivo.…
O consumo de carboidratos tem aumentado nos últimos anos nos países ocidentais, seguindo-se os conselhos…
O óleo essencial de Copaiba é um dos ingredientes antiinflamatórios mais poderosos do planeta. É…
Se eu fosse descrever a glutationa, eu diria que ela é uma molécula muito simples…
Você sabia que o pão de alho pode ser preparado em casa e numa versão…
A sopa anti-inflamatória contém alimentos desintoxicantes: alecrim, cebola, gengibre, inhame e açafrão-da-terra. Todos eles colaboram…
O grande valor deste prato é a cúrcuma, que, segundo estudos científicos, é um ingrediente…
Nas últimas décadas, a manteiga tem sido implicada como uma causa significativa de doença cardíaca. No…
É impressionante como o mundo que nos rodeia está repleto de substâncias naturais que, não…
O óleo essencial de Copaiba é um dos mais promissores novos óleos essenciais anticâncer. Isto é…
Se você está tentando prevenir ou curar um câncer, então deve focar-se em melhorar seu…
Este artigo, retirado do site do "The Thruth About Câncer", e é tão incrivelmente relacionado…
Esta salada é uma maneira deliciosa de usar sua sobra de frango ou peru. Também…
Eu fiz só com alface americana mas vai ser legal misturar rúcula, agrião ou outras…
Que tal uma salada bem tropical e com um sabor extremamente exótico? Vamos lá, então...